domingo, 1 de fevereiro de 2009

S E O L H O

MANOEL HERCULANO

Se olho para o mar
Eu sonho mais, percebo-me calmo
A fúria das ondas me trazem serenidade.

Se olho para o céu
Eu creio mais, lembro-me do salmo
Que a todos conforta com um quê de eternidade.

Se olho para você
Eu quero mais, sinto-me a um palmo
A menos de um segundo da verdadeira felicidade.

---------------------------------------

Obs: Consegui fazer um poema pequeno! Este faz parte de uma peça de teatro: "Por que casou? Casou por quê?"

Nenhum comentário: