domingo, 30 de janeiro de 2011

SOGRA É A SUA VÓ

MANOEL HERCULANO

Eu sinto tanta saudade da vovó, mas tanta, tanta, que até sobra
E aí, não apenas por dó, sinto saudade também da minha sogra
As duas possuem qualidades, peculiaridades, defeitos e afins
Com elas já vivi momentos que são raridades, bons e ruins
Se uma tem a fama de ser chata, entrona, a que chega e fica
A outra não usa chibata mas supervisiona e com jeitinho implica
Elas viraram personagens e a sogra quase sempre é a vilã
Mas entre mitos e bobagens a vovozinha poderá oferecer a maçã
E como é uma arte saber desatar nó, fazer e desfazer manobra
Digo-lhes que nem toda sogra é vó, mas toda vovó é ou foi sogra
Portanto, por que o espanto, se uma ou outra nunca vem só
E se você ainda quer xodó, vá ao tororó, porque sogra é a sua vó

-----------------------------------------------------------------
--- E neste 30/01/2011, quase meia-noite, estou postando esta homenagem que fiz a essas duas personagens reais e importantes em nossas vidas. Ah, mais um poema com temas sugeridos pela OLDI.

5 comentários:

poemandoavida disse...

Por enquanto só me resta ser sogra e avó dos netos de outras... Como sogra sou ótima! (se tu não tens modéstia, por que eu teria?) Sei que serei uma avó melhor ainda.
Fã doas teus textos...
Alice

Efigênia Coutinho disse...

Manoel Herculano
Este seu texto , com um que poético, é o máximo, valeu conhecer este seu espaço,
com admiração,Efigenia Coutinho
(Facebook)

a elipse disse...

Mais um texto de uma sagacidade incrível. Manoel eu lhe conheci hoje mesmo no evento ponte de poesias, e fiquei encantado com o seu talentoso e digo o seguinte , você disse que seus textos lidos não tem a mesma graça, isso deve ser para que nunca te viu falar pois li e imaginei seu jeito singular de interpretação, em cada rima e cada volta de seu perfeito ritmo.

convido-lhe a ler e comentar em meu blog perfil-rw.blogspot.com e a entrar no site da revista literária no qual dirijo aelipse.wordpress.com obrigado por poder te assistir.

Marisa Vieira disse...

hahah ai que "meda" da sogra!

PARABÉNS pelo texto!
beijodamarisa

Martha Gomes disse...

Quanta sensibilidade...te conheci no Centro Cultural Light, sou da prefeitura, do Ginásio Carioca Rivadávia Corrêa, perto da Central...beijos.